Sejam Bem Vindos!

"Um povo que não ajuda, ou não fomenta o seu teatro, se não está morto, está moribundo" Garcia Lorca



Pesquisar este blog

segunda-feira, 29 de março de 2010

Tomada de Preço - Ponto de Cultura



INFORMATIVO:

O Grupo Teatral e Ponto de Cultura “Trem de Doido”, devidamente instituído, pelo CNPJ nº 06.112.260/0001-35, com sede na Rua 07 s/n Setor do Lago, nesta Cidade, torna publico às empresas interessadas, à TOMADA DE PREÇO 2010/01, no formato “Menor Preço”, utilizando-se como critério de julgamento O MENOR PREÇO OFERECIDO POR ITEM, para aquisição de materiais permanentes necessários ao Ponto de Cultura “Trem de Doido”, nas especificações e quantidades conforme descrição abaixo:


1 Computador servidor
1 Impressora colorida a jato de tinta multifuncional
1 Câmera fotográfica digital 10 a 12mega pixels
1 Estabilizador de tensão
1 Kit de ferramentas
1 Carregador de pilha com pilhas AAaa
1 Notebook

Atenciosamente,


Célia Ferro
Presidente

sábado, 27 de março de 2010

sexta-feira, 19 de março de 2010

Conferência Nacional de Cultura 2010



Durante três dias de debates, a II CONFERÊNCIA NACIONAL DE CULTURA, realizada em Brasília e com participação de 27 delegados de Goiás, entre eles 01 de Porangatu (Maria Efigênia Caleman) única representante da região norte, elegemos as 32 estratégias prioritárias e as 95 prioridades setoriais que nortearão as políticas públicas para o setor.


Entre elas a aprovação do marco regulatório da Cultura, que já tramita no Congresso Nacional, foi a proposta mais votada (754 votos). O marco é composto principalmente pelo Sistema Nacional de Cultura (SNC), Plano Nacional de Cultura (PNC) e proposta de ementa constitucional (PEC) 150/2003, que vincula à Cultura 2% da receita fedral , 1,5 % das estaduais e 1% das municipais. A proposta também explicita o apoio à aprovação do Programa de Fomento e Incentivo à Cultura (Procultura), que atualiza a Lei Rouanet.


O intuito principal da Conferência é promover o acesso de todos à discussão e formulação das políticas públicas, sendo que está discussão sempre foi a grande preocupação dos fazendores de cultura, que buscam políticas culturais.


A Conferência Nacional de Cultura, tornou-se um Marco na história da cultura do Brasil, ali estavam representados todos os estados brasileiros e todos os segmentos culturais.


Porém, faz-se necessário a organização dos fazedores de cultura de nossa região, para que as leis que ali foram aprovadas sejam cumpridas pelos órgãos competentes.


RESTA-NOS A ESPERANÇA DE VER VALORIZADA NOSSA CULTURA, NOSSOS ARTISTAS E NOSSAS TRADIÇÕES... (Efigênia Calemam)

Colaboradores

Colaboradores